MU Legend

F2P Open Beta Português
Seguir
4.1

Avaliação Média do Usuário

Guerra de Facções chegando em MU Legend

Guerra de Facções chegando em MU Legend

Olá, MUbitantes!

 

Já se passaram quase dois meses desde que o MU Legend entrou na fase de Beta Aberto. Foram dois meses cheios de luz, mas também com algumas sombras. Pedimos sinceras desculpas por qualquer problema de serviço de jogo que você tenha vivenciado durante as últimas semanas dessa fase beta. Eu sei que ainda temos um longo caminho a percorrer para oferecer um serviço de jogo mais estável e agradável. Seus comentários e opiniões estão nos ajudando a atingir esse objetivo e estamos prestando muita atenção neles.

Nesta nota, queremos falar sobre a Guerra de Facções, algo que muitos de vocês acharão interessante.

Como a Guerra de Facções é uma verdadeira atualização de conteúdo, vamos dividir as informações em duas notas diferentes.

COMEÇO DA GUERRA DE FACÇÕES

A Guerra de Facções é um recurso exclusivo e maciço que se distingue dos cercos que você talvez tenha vivenciado em outros jogos on-line.
O MU Legend é um jogo de “hack and slash”, que normalmente não está associado a grandes batalhas e a grandes grupos de jogadores. Uma das instruções básicas de seu desenvolvimento era que o máximo de personagens possível deveria ter acesso a todos os conteúdos sem nenhum incômodo e alcançar uma sensação de realização à medida que avançam no jogo. Por esse motivo, foi um desafio para nós encontrar um conteúdo de JxJ em grande escala que se adequasse ao jogo.
Nós abordamos o desafio ao reinterpretar uma narrativa clássica de cooperação e conflito entre vários personagens, muitas vezes expressa através do conteúdo de “guerra de cerco” em outros jogos, em um conteúdo exclusivo coerente com os recursos de MU Legend.

Nosso objetivo era claro: atrair o maior número possível de guardiões, encontrar uma maneira para os jogadores que não jogam em JxJ terem uma função a desempenhar em suas guildas e provocar conflitos entre os guardiões de uma maneira divertida e atraente!
Mas o que importa é o quão bem nós entregamos o que conseguimos.
(Parece que foram muitos objetivos ;-))

COMEÇO DA GUERRA DE FACÇÕES: A FRONTEIRA

Como todos sabem, MU Legend ocorre no continente de MU, um continente que flutua no céu.
Uma tempestade de poderosa energia maligna gira sob o continente, tornando quase impossível aventurar-se nas regiões abaixo.
No entanto, um dia, a tempestade desapareceu por razões desconhecidas, revelando um novo continente flutuante.
O povo de MU começou a chamar essa nova terra de “Fronteira”.
A descoberta da Fronteira foi uma tragédia, mas também uma bênção.
Por fim, descobriu-se que a terra descoberta era rica em um novo tipo de recurso valioso só encontrado por lá. Isso levou a novos conflitos e confrontos entre todos os países do continente de MU.
Após uma longa e árdua guerra, os países concordaram que não podem mais lutar entre si pela nova terra. Em vez disso, líderes poderosos em todo o continente realizaram o Congresso Continental de Liderança e declararam a Fronteira uma região neutra, que nenhum país ou aliança pode reivindicar.
Eles decidiram que a região neutra será governada por guildas respeitáveis, que controlarão uma parte da terra como seus domínios. Os países do continente então colherão as receitas fiscais desses domínios.
Isso abriu novas e lucrativas oportunidades para guildas de renome em todo o continente.
Elas agora podiam usar o Cristal da Odisseia, um recurso único que se encontra na Fronteira, para imbuir seus equipamentos em novos poderes, e tiveram a chance de obter reconhecimento de seus nomes ao vencerem o Torneio da Guerra de Facções, realizado pelo Congresso Continental de Liderança.
E agora você pode entrar na Guerra de Facções para reivindicar esse poder e fama por sua guilda!

GUERRA DE FACÇÕES: TORNEIO

Se você assistiu aos vídeos G-STAR antes do lançamento do Beta Aberto, deve estar familiarizado com os conceitos básicos do domínio e do sistema de torneios. Para os que não assistiram ou os que estão confusos com os detalhes, preparei algumas imagens para ajudá-los a entender o que é.

No Mapa da Guerra de Facções, um espaço hexagonal representa um território.
Isso significa que há um grande número de territórios para evitar que algumas poucas guildas monopolizem todos eles.
No entanto, nem todos os territórios são os mesmos.
Os territórios têm graus. Um território de alto grau recompensa o ocupante com melhores benefícios, mas é mais difícil de ocupar e manter. Portanto, você enfrentará adversários mais poderosos em batalhas ferozes.
Se a sua guilda não tem membros suficientes ou se simplesmente não é poderosa o bastante, talvez a melhor estratégia seja controlar territórios com graus mais baixos.

Cada guilda se inscreve em um torneio para o território que ela deseja ocupar. Se a guilda sobreviver às rodadas preliminares, poderão lutar pelo controle do território na partida final.
Da inscrição à partida final, todos os membros da aliança devem trabalhar juntos sob estratégias cuidadosamente coordenadas.
A escolha do formato do torneio mostra a direção do novo conteúdo. Foi projetada para ser acessível ao máximo de jogadores possível.
Ao participar de cada rodada do torneio, os jogadores poderão experimentar esse novo recurso de suas respectivas posições.
Como a Guerra de Facções oferece inúmeros territórios a conquistar e atrai um grande número de guildas para cada torneio, em última análise, uma grande quantidade de guildas participará da Guerra de Facções.
A Guerra de Facções recompensa os jogadores apenas por participarem dela. Basicamente, é como um festival gigante para todos os jogadores e guildas!
Agora, para encerrar esta nota, gostaria de mostrar uma captura de tela do Porto da Guilda, se você ainda não explorou essa parte do mapa. O porto será o principal local para a Guerra de Facções e terá ainda mais conteúdo, a lançar em uma fase posterior.

Apaixonado por jogos desde sempre.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*