Herói da Semana: Murquinho

“MRGGGLGLL!”

– MURQUINHO, O MURLOQUINHO

 

A história do Murquinho, assim como a história da raça murloc no universo de Warcraft, está envolta em mistério. Os Murlocs evoluíram para sobreviver nos perigosos ambientes aquáticos de Azeroth, o que confere ao Murquinho uma resistência bastante singular. À primeira vista, o Murquinho pode não parecer tão formidável quanto os outros heróis, mas, em Heroes of the Storm, ele assume o papel de um Especialista persistente que, pouco depois de morrer, renasce dos ovos que esconde pelo caminho, várias e várias vezes, vencendo os inimigos pelo cansaço. Quando você finalmente pensa que se livrou dele, ele volta!

 

 PASSADO

Mrgglglbrlg rmrmgllg mrggggm. Mrrglglgy, mgllglgl mgggrrmgl? MRGGGLGLLM! Mrrggllgggllggll mrrglrlg mrrg mrrg mrrrg.

As origens e a história da raça murloc estão envoltas em mistério. Isso se deve, em grande parte, ao fato de ser uma cultura de tradição oral, cuja língua é praticamente incompreensível para as outras raças, e também porque os murlocs têm pouquíssima tolerância com seres de outras raças. Eles costumam se instalar em regiões costeiras com grande densidade populacional e estão sempre prontos a ajudar uns aos outros quando ameaçados. Não se sabe ao certo quais são os limites da sua capacidade intelectual, mas é possível que o seu manuseio de armamentos e suas habilidades de combate peculiares indiquem um intelecto racial bastante perverso. 

Assim como as origens da raça murloc são enigmáticas, o passado do Murquinho está coberto por um véu de perguntas sem resposta. Quem é ele? De onde vem? Ele morre, torna a morrer e sempre renasce de dentro dos seus ovos. E o que é mais estranho: quando volta, tem exatamente o mesmo aspecto de antes. Possuirá ele poderes indescritíveis? Será imortal?

Talvez o mundo nunca saiba a resposta.

 

DICAS DE BATALHA

 

  • A habilidade “Botar Ovo” [D] pode ser usada em qualquer lugar do Campo de batalha. Esconda o ovo atrás de arbustos ou em lugares incomuns, de modo que os inimigos não consigam encontrá-los.
  • Tente usar “Baiacu” [Q] quando o inimigo não estiver prestando atenção. O Baiacu pode ser atacado pelos Heróis inimigos, então é fundamental lançá-lo na hora certa!
  • Use a “Bolha de Segurança” [E] para alcançar inimigos que estiverem indo entregar moedas na Baía do Coração Negro. O menor atraso dá tempo para que seus aliados se organizem e frustrem os planos do inimigo.

SKINS

 

“EU SOU O TERROR QUE RONDA A NOITE.”

O Murquinho pode não ter uma presença imponente, mas seu visual inicial em Heroes of the Storm mostra que ele não veio para brincar!

 

 

Os simpatizantes dos Terranos e entusiastas de StarCraft vão adorar o visual novo do Murquinho que vamos revelar!

 

  • Murquinho Sinistrão – Que beleza hein… Quem foi que colocou o murloc na armadura de energia? Sâmia? Já conversamos sobre isso… Galera, muito bonitinho e tal, mas como é que a gente vai tirar esse murloc dali?

 

 

Eis a arte conceitual original da versão do Murquinho para o Heroes!

 

FRASES E CURIOSIDADES

 

“DEBAIXO D’ÁGUA, NINGUÉM VAI OUVIR OS SEUS GRITOS.”

– MURQUINHO, O MURLOQUINHO

 

  • O Murquinho não fala a língua comum, mas consegue escrever.
  • Além dos makrura, que compartilham a mesma língua dos murlocs, os protoss são os únicos que entendem o Murquinho. Para entender aquele gargarejo esquisito, só conseguindo ler mentes mesmo.
  • Em Nergliano, “Aaaaaughibbrgubugbugrguburgle” pode significar tanto “Chiquinho caiu no poço” quanto “Asaluz vai devorar a sua cara”.
  • O aperitivo favorito do Murquinho é o baiacu, que também pode ser uma arma perigosa!
  • O Murquinho começa a cheirar mal depois de três dias.
  • Lamber um murloc pode causar delírios, que geralmente envolvem um murloc enfezado enchendo você de porrada.
  • O Murquinho não gosta de molho tártaro.
  • Os murlocs foram os responsáveis pela morte do pai do chefe guerreiro Vol’jin!
  • Level 80 Elite Tauren Chieftain (Chefe Tauren de Elite Nível 80) tocou a canção I Am Murloc (Eu sou murloc)  na BlizzCon 2007. A canção figura no disco fictício da banda, ‘Udder Chaos’ (Caos total).

Vídeo de I Am Murloc (Eu sou murloc)

  • “Ele não para de voltar nunca. E eu achando que os zergs eram persistentes!” – Jim Raynor
  • “Escute o que eu digo: quando o Murloc diz que ‘o mar não tá pra peixe’, não é o que você está imaginando.” – Tychus Findlay
  • “Se não conseguirem de primeira, morram e tornem a morrer!” – Ordens de marcha murloc
  • “BINGO! 100.000 abates. Perceba que eu não disse ‘abates limpos’.” – Murquinho
  • “Quem veio primeiro, o ovo ou o Murquinho?” – Murquinho

 

 CRIAÇÕES DA COMUNIDADE

 

Desde que surgiram, no Warcraft III: Reign of Chaos, muitos artistas talentosos ilustraram a enigmática raça dos murlocs. Veja a seguir seis ilustrações fantásticas criadas por fãs talentosos de todo o mundo. Elas representam o Murquinho e outros murlocs muito loucos.  

 

“Murky Plush” por Sofakitty “Murloc” por Izuael

 

“Murloc Video” por Mikael AnderssonFredrik Lindbom, e Kevin MacLeod

 

 

“Murlocr” por Isra “Captain Cookie” por Rui Zhang (linxz)

 

 

“”Run away!” por Yanmo Zhang(章彦末

 

CONTEÚDO RELACIONADO

Aos olhos de um observador desinformado, os murlocs podem parecer criaturas simples, mas, sem querer, eles foram responsáveis pela formação atual da Horda no universo de Warcraft! Os ataques dos murlocs à tribo trólica dos Lançanegra motivou o chefe guerreiro Thrall e seus guerreiros órquicos a rechaçar os murlocs e a formar uma aliança com os Trolls Lançanegra que persiste até os dias de hoje. A aliança entre orcs e trolls formou o núcleo da Horda moderna, na qual mais tarde ingressariam os taurens, renegados, elfos sangrentos, goblins e, recentemente, alguns membros da raça pandarena.

Se estiver interessado em saber mais sobre os murlocs, o Murquinho e o mundo místico onde eles vivem, não deixe de conferir o conteúdo abaixo:

Veja mais arte oficial e capturas de tela com o Murquinho e outros murlocs a seguir:

 

 

 

 

 

Murlocs em Warcraft III: Reign of Chaos acampamento Murloc  em World of Warcraft

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Você pode me matar, mas eu vou voltar.”

Esperamos que você goste da semana do  Murquinho! Do que você gostou mais? Deixe-nos saber abaixo.

Comentarios

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo