Shadows: Awakening Review

ARPG B2P Consoles Inglês Reviews
Shadows: Awakening Review
Shadows: Awakening Review

Shadows: Awakening é um RPG isométrico para um jogador com combate tático em tempo real. Você assume o controle de um demônio convocado do Reino das Sombras - o Devorador - para consumir as almas de heróis mortos há muito tempo e embarcar em uma aventura épica com uma jogabilidade desafiadora, um enredo envolvente e gráficos encantadores.

Lançamento:Plataforma:, , Desenvolvedora:Distribuidora:

Shadows: Awakening é um RPG de ação isométrico que conta a história do conselho secreto conhecido como Penta Nera que são assassinados e suas almas são consumidas pelos Devoradores – demônios malignos que possuem a capacidade de absorver as memórias e personalidades das almas que eles adquirem e materializá-los como seus fantoches.

E podemos ver logo no inicio a semelhança com outros jogos do gênero, sistema Q,W,E para soltar as skills, inventory, skills, talents. Você começa o jogo na pele do Devorador um monstro que devora as almas dos heróis mortos em outras épocas, é ai que o jogo já se mostra diferente dos outros, você não é exatamente um herói, e as almas devoradas são personagens para seu grupo.

Logo no inicio do jogo temos que escolher entre 3 almas, um bárbaro, arqueiro ou uma maga, eu escolhi  Evia a Maga de Fogo e você “consome” a alma dela, nessa parte já vemos um dos ótimos sistemas de party do jogo, você pode trocar entre os personagens do seu grupo alternando entre A,S,D,F, alternando entre os Reino das Sombras e o Reino dos Mortais, nessa início o Devorador fica no Reino das Sombras e Evia no Reino dos Mortais, cada personagem com suas próprias particularidades, como itens, skills, etc. Ao longo do jogo você vai consumir mais almas e assim vai ter mais personagens no seu grupo.

Cada Reino é diferente do outro, ou seja existem monstros em cada Reino no mesmo lugar que você está, existem puzzles, passagens secretas que “liberam” em um Reino sendo que não estava disponível no outro Reino, a troca é constante e crucial para o gameplay, se acostume pois irá fazer muito isso no decorrer do jogo, um Reino precisa do outro. Teremos nossa quest principal, porém vamos ter muitas quests secundárias no jogo, e algumas quests vamos liberar personagens novos, são cerca de 14 personagens, então vale a pena vasculhar cada centímetro do jogo.

Um combate bem ao estilo de Diablo onde você usar as teclas do mouse para ataques básicos e as teclas Q,W,E para soltar as skills que você vai liberando de acordo que vai upando o seu personagem temos também a parte de talentos, onde são como as skills passivas, ou seja, vão te dar bônus definitivos para seu personagem. Na primeira batalha com um Boss você precisa tirar um tipo de escudo que ele tem com o Devorador e após isso matar ele com a Evia(ou outro personagem que você escolheu), voltando aquilo que já falei sobre ficar trocando entre Reinos. Isso vai gerar muita estratégia no combate o que torna Shadows: Awakening único.

É no The Sanctuary onde você irá recuperar HP, ressuscitar os seus personagens mortos e claro administrar seu grupo, adicionando ou removendo membros.

O que senti muita a falta, talvez por jogar MMO por tanto tempo, foi o fato de um “bag” geral, ou seja se você quiser vender um item, equipar, encantar ou qualquer coisa do tipo, você tem que ir na aba do item e fazer a ação por lá, o que muitas vezes gera uma perca de tempo que acaba incomodando um pouco ao longo do gameplay. Os loadings também achei um pouco demorado, mesmo apenas entrando na taverna da cidade.

Eu lembro nos bons tempos de um jogo que jogávamos muito eu e meus amigos no maravilhoso PlayStation 2, ele se chaamva Champions: Return to Arms, passamos horas,dias jogando, e o que mais senti falta em Shadows: Awakening é isso um coop local ou claro um multiplayer, penso que se tivessem colocado um multiplayer o jogo faria um sucesso fora do normal, pois o jogo tem elementos ótimos para jogarmos com os amigos, até os gráficos que não podemos colocar como um AAA, tem uma certa nostalgia nos traços, o level design do jogo é excelente, assim como todo o áudio, tem horas que da vontade de ficar só escutando.

Shadows: Awakening vale a pena ? Com certeza se você gosta do estilo action-RPG e da visão isométrica com certeza a compra deve ser certa para você, mais senão gosta do gênero você poderá enjoar com o tempo, pois as vezes você deixa de lado a história que não é nada digna de Hollywood e quer partir logo pra porrada e loots.

Shadows: Awakening pode ser adquirido na SteamPlaystation Store ou Xbox Live.

Bom

  • Estilo de combate
  • Sistema de Party
  • Gráficos e Som

Ruim

  • Sem legendas em PT/BR
  • Sem multiplayer
  • Falta de uma bag geral
8.8

Ótimo

Gráficos - 9
Jogabilidade - 9
Som - 9
Fator Replay - 8
História - 9
Apaixonado por jogos desde sempre.
Avaliação Média do Usuário
0
0 Votos
Voto
Submit
Sua Avaliação
0